a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

sexta-feira, 4 de agosto de 2006

Isto Sim, É Uma Questão Verdadeiramente Fracturante

Foi completamente ridículo mas continuou a doer, por isso acabei por sorrir para a radiografia. Afinal, o mundo divide-se entre os que partem costelas a tossir e os que não. Anotem, incréus: mais ridículo é sempre possível.

7 comentários:

MissPearls disse...

Tu não me digas!!
Mas ainda te doem as costelas? Desde Junho? A rir?
Lembro-me de me teres contado.
MAs que coisa!!!

mario disse...

Não pode ter sido só a limonada e o gelo. Aposto que estavas a fazer-te interessante, a beber e a sorrir ao mesmo tempo e com o pensamento a voar :)

Ana Cláudia Vicente disse...

Miss Pérolas,
o meu plural foi abusivo, felizmente só tossi o suficiente para partir uma (a 6ª costela). Não havendo remédio para ela, é só esperar que ela cole e ir fazendo queixinhas no blogue :) Isto acontecer a esta tua amiga, que não sendo uma bruta-montes não é uma flor de fragilidade, que já serrou barrotes, abriu valas à picareta e desmatou silvados à catanada, é um bocado humilhante.

Mário,

eis a receita completa:

1 limonada(check),

Gelo à bruta(check),

1 cabeça no ar(check),

1 garganta ainda em recuperação de uma infecção respiratória e um acesso de tosse de 3 minutinhos;

1 jantar com os progenitores, com quem se tem reputação queixinhas/brincalhona.

Snap!

1 médica de Urgência cheia de sono, que não se dá ao trabalho de fazer 1 radiografia em cima do (insólito) acontecimento.


Mexer tudo e deixar estar até que passe. Et voilá :)

mario disse...

Então terá sido o pai que te viu "engasgada" e deu a velha palmada nas costas com demasiada força :)

Serrar barrotes, abrir valas... foste voluntária na revolução cubana? :)

Mas cuidado! Reparo agora que talvez não seja boa ideia fazer-te rir! Shiu.....

Ana Cláudia Vicente disse...

Voluntária sim, numa ou outra escavação arqueológica; e fardada também, em muitos e bons anos de escutismo. Fidelíssima a todo um outro ideário, portanto :)

mario disse...

com que então, de kilt e meias pelo joelho :)

Ana Cláudia Vicente disse...

Touchée :)
A versão mais formal do uniforme feminino envolve (ainda hoje) saia de pregas e meia pelo joelho, não há que negar. Desmatáva-mos silvados à catanada com outros atavios, depois aprumávamo-nos para um qualquer cerimonial. De joelho arranhado à mostra.

[off-topic]
Andei a remexer os arquivos (deixei tudo no lugar, claro)do Balbec, mas não encontro, por isso não sei se estou a fazer confusão; foi lá que li sobre onde encontrar os melhor gelados romanos? É isso mesmo, estou a pedir conselho viajeiro novamente :)