a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

quarta-feira, 8 de março de 2006

Mulheres

Cultura ou cromossoma não sei, sei é que perante a figura da bela senhora deste senhor a primeira coisa que me ocorreu foi olha, tem uma cicatriz no braço maior que a minha.

7 comentários:

Rodrigo Valador disse...

Não escreves qualquer coisa acerca da liberdade jornalística? E sobre a crise nuclear no irão? Sobre os Cartuns do Maomé? Chegaste a dizer a tua verdade?

Estava aqui a navegar pela Net e a pensar com os meus botões que há coisas mais importantes do que outras sobre as quais se pode escrever,

E o que é mesmo verdadeiramente importante é saber cuidar do silêncio quando ele se quer impor.

É que ponho-me a ler blogs tentando olhar para o ser das coisas e a maior parte estes gajos anda a ladrar à lua, não é? (É que sou novo nisto)
Quer dizer… Pensam numa coisa e escrevem sobre ela, como lhes dá na gana. Tudo uma perda de tempo. Fazem disto uma espécie de diário, não é, uns papéis que se escrevem “só para nós”, mas que, intimamente desejamos que toda a gente leia.

E fazem-se uns engates? É? Se isso fosse verdade, a coisa até mudava de figura, mas quer-me parecer que a maior parte desta gente não tem é mais nada que fazer...

E com isto tudo apenas quis dizer que, embora haja por aí muita porcaria, gostei da simplicidade do teu Blog, e da forma como escreves

MissPearls disse...

Tu queres crer amiga, que eu pensei o mesmo?? Mas muito maior!!!!
Ana Claudia, Isabel 1 - Padma 0

Mas olha a ver se isso importa ao Salmon? Está práli todo inchado!!! :)

Ana Cláudia Vicente disse...

Rodrigo, grata pela visita; o meu eu-opinion-giver mora n' O Amigo do
Povo, aqui mora o meu eu-restante.

Isabel, ai não havia de estar! A rapariga tem aquela figura e ao que consta não é nada burra...

MissPearls disse...

Eu estava a referir-me à minha cicratiz no braço. A dela é muito maior. Mas ela é muitoooooooooooooooooooooo mais gira. :)
A 1ª vez que vi uma fotografia dela foi num dos blogs do Pedro Mexia :)
E não é nada burra, não senhora.
Estás a ver como o mundo está cheio de injustiças :(

FTA disse...

Fazendo justiça ao Rodrigo. É verdade que muitos bloggers andam no engate e têm opinião fácil. Dou-me como exemplo: não há dia que não escreva vinte posts e quando leio o Quatro Caminhos apetece-me logo casar com a Ana Cláudia Vicente. Com cicatriz ou sem ela.

PS- espero que a Ana Cláudia Vicente não seja casada ou, no mínimo, tenha um marido compreensivo...

Cumprimentos e obrigado à Miss Pearls pela fotografia

Ana Cláudia Vicente disse...

[momento-discursivo-formato-Jardel]

Ó Francisco, com elogios assim a Ana Cláudia Vicente ainda entorna o chazinho por cima do teclado!

E não, não contraiu matrimónio (muito menos com algum proprietário de caçadeira de canos cerrados ou moca de Rio Maior), mas (há sempre um mas) o seu coração está como o parque de estacionamento da Praça Camões à 6ª feira à noite - ocupado.

Ah, e agradece, porque gosta de saber que há quem goste de a ler [rima totalmente involuntária] :)

Ana Cláudia Vicente disse...

[parênteses rectos no lugar de um comentário que eu não cheguei a ler e me está a roer]