a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Ana Léptica

O tempo, como o sono, não cura, não substitui, não resolve. Tempo é distância, só isso.

3 comentários:

Dinarte Vasconcelos disse...

E, sendo distância, é conhecimento. Ou, pelo menos, ilusão de conhecimento. Em todo o caso, é pouco, muito pouco.

menina limão disse...

"time ain't gonna cure you honey, time is just gonna hit on you"
("tape", The kills)

Ana Cláudia Vicente disse...

Dinarte,
hesito entre isso mesmo, o conhecimento ou a ilusão dele.

Lemonita,
hit on you like a tragic-cartoonish-acme-anvil, that's for sure.

chuac