a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

domingo, 29 de junho de 2008

Mão Mole

Mais vale um sorriso desguarnecido ou uma palmada nas costas que um aperto de mão frouxo. Que raio, em termos de coreografia social não há gesto mais poucachinho e desinspirador.

7 comentários:

Emanuel disse...

É nojento, parece que se está a cumprimentar um molusco. Uma pessoa até tem medo de partir... esborrachar alguma coisa. :)

francisco carvalho disse...

Plenamente de acordo!
:)

esquilo disse...

"mão morta, mão morta, vai bater a outra porta..."

bj

Anónimo disse...

Pior só cumprimentar com as duas mãos. Desconfia desses artistas....

fta

magarça disse...

Não vem nada de bom de uma mão dessas..

magarça disse...

Não vem nada de bom de uma mão dessas..

Ana Cláudia Vicente disse...

Emanuel,Francisco C., Esquilo,
Magarça,
passou-bens firmes para todos :)

Francisco,
os de duas mãos, sempre os tive por gesto dos muito 'esforçados'; [é verdade: felicidades à família recentemente acrescentada:)]