a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

terça-feira, 24 de julho de 2007

Género Patty e Selma Bouvier

Mesmo as almas mais boazinhas transportam o instinto de se indisporem parvamente. Conheço quem fique de mau humor perante feios, quem não suporte estranhos, que evite falar com pessoas baixas. Tudo muito subtil, pelo que a antipatia se manifesta em afastamento ou, em caso de contacto obrigatório, irritação. A mim, arrepanha-se-me o cabelo da nuca ao som de contraltos desbocadas.

2 comentários:

Emanuel disse...

Se for um contralto de braços cruzados tendo um deles em posição vertical cuja mão inclinada para fora pendura um cigarro e a lançar o fumo com um movimento de cabeça para o mesmo lado e para cima com pose de "mulher moderna", aí sim, também eu.
Evitar falar com baixos?... eheheh

Ana Cláudia Vicente disse...

Conheço um baixófobo, a sério. Quanto às Selmas, a mim traumatizam-me esteticamente mais quando falam entredentes e com a cigarreta ao canto da boca :)