a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

segunda-feira, 11 de junho de 2007

Bucolia

No pátio, aos pés da madressilva, o verdilhão tenta o regresso ao topo do telheiro. Sobe, volteia, hesita, plana, desce. Vale-se do alegrete. Evita alvéolas e pardais. Treme, mínimo. Volta a tentar.

2 comentários:

escorpiaotinhoso disse...

Que bom ler aqui que continua a escrever na sua melhor forma: simplicidade musical, actualidade e um toque de intimidade que partilha com o tempo de todos os seus visitantes...
Continue...
ET

Ana Cláudia Vicente disse...

Olá e obrigada pelas suas palavras, ET.