a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

sábado, 14 de janeiro de 2006

"Só Achas Graça Aos Esquisitos, Pá!" X

Miguel Guilherme é um magnífico esquisito. Mais importante, é um grande actor. Pensei que valeria a pena ver Bocage por causa dele (e, bom, de um certo candidato armado em franciscano corrécio), mas percebi logo o meu engano quando, ao reencontrar Bocage na volta de Goa, o carinho de José Bersane (João Vaz) se traduziu num par de braços abertos e num

- Meu Camões de merda!

extraordinariamente sincero. Vale a pena ver, não só por Guilherme. Bocage tem uma boa equipa artística. Destaco o elenco, a montagem e o guião. Sim senhores. Venham mais episódios.

4 comentários:

MissPearls disse...

Concordo consigo Ana Cláudia.
E por acaso até acho que o Miguel Guilherme é o melhor actor português.

hmbf disse...

vi
e vou ver
até ao fim

mas lá estão
os defeitos
do costume

interlúdios poéticos
a mais

principalmente
uma estúpida
obsessão
com o Bocage
satírico

ele há um outro
que urge conhecer

Ana Cláudia Vicente disse...

Falta-nos voltar à lírica de Bocage, sim. Como nos falta gente com o teu feitio espalha-versos.

hmbf disse...

:)

gostei

feitio espalha-versos