a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

quarta-feira, 19 de outubro de 2005

Uma grande grande merda, saberes que não estás à altura de quem admiras.

2 comentários:

Jazz disse...

...não creio que seja como dizes...

Ana Cláudia Vicente disse...

Há os dias das certezas boas, e depois há os outros.