a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

domingo, 2 de maio de 2010

Roger Dodger

Quase todos inscritos a baixo-relevo como manda o costume, estes cameos de Hitchcock. Tenho um fraco bem forte por rubricas auto-irónicas.

2 comentários:

rui disse...

Falta aqui o meu preferido... no filme Blackmail (1929), logo no início. Ele é o passageiro de um autocarro e há um miúdo q lhe vai a azucrinar o juízo.

Cláudia [ACV] disse...

Tens razão, indeed, Rui! Falta aqui esse passageiro de vinte e nove, mais uma boa meia dúzia de aparições nos seus filmes da primeira metade de XX. Que a tecnologia o mantenha, para nossa iluminação :)