a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

quinta-feira, 18 de março de 2010

Massamá, Praceta João de Deus

Das dez às dez dos últimos vinte anos a livraria do shopping esteve sempre aberta. Tanto nas calmas como em recurso, sabíamos ter à distância de uma caminhada as últimas novidades, os  clássicos, os gibis, uma secção de poesia bastante decente, para além do mais recente recanto de alfarrábio. Fui em regra atendida por gente competente e porreira, como esta que entretanto criou coisa sua. Nada sei do que se passou na Clepsidra, antes Teorema, filha de filho de gente das letras. Mas que sem ela  o burgo fica mais cinzento, isso sei.

2 comentários:

luís r disse...

A Clepsidra fechou?

Cláudia [ACV] disse...

Já não passo por lá muitas vezes, mas desde o Natal que a encontro fechada, e parece-me ter sido esvaziada. Não há sequer um aviso afixado à porta para os habituais, uma remissão para outras livrarias da rede (se ainda as há), nada, népias.