a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Ontem Há Muito Tempo

Cursivo experimental, indeciso. Entusiasmos bastante exclamativos. Insólita reserva quanto ao masculino objecto de interesse. Anseios, preocupações e rotinas estranhamente semelhantes às de agora.

2 comentários:

Paulo Esteireiro disse...

Olá!
Após uma longa ausência passei para ver novidades no teu blog e no do teu irmão e o que é que eu vejo? Um Diário de 1989! Achei piada porque tenho agora uma filha de 2 anos e tenho andado algo nostálgico a ter memórias de infância.
Bjs agora madeirenses
PE

Ana Cláudia Vicente disse...

Olha quem ele é, estás bom, Paulo? Pois também eu tenho passado nos teus blogues musicados e musicantes para ir sabendo coisas novas. Um abraço continental para ti para a tua família, rapaz!

cláudia