a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Trinca Anos

Hoje confiaram-me uma jóia de família. Não vou para nova, o que não faz mal.

8 comentários:

Anónimo disse...

Por enquanto, não faz. Daqui a mais uns aninhos, já não se sente o mesmo. Sei por experiência própria.

Emanuel disse...

Eheh, bem vinda ao club! Daqui a uns aninhos quero poder dizer, como o Moretti: "Sou um esplêndido quarentão".
Parabéns, Cláudia! :)

Anónimo disse...

Vinte, trinta e mais! Essa inútil mobilidade do algarismo das dezenas é espantosa, mas só surpreende pela urgência.

capa-botox

Anónimo disse...

Nos meus trinta, também recebi uma jóia de família!

Capa-lifting

Paulo disse...

Um trinca anos no dia em que fiz 42... mas a linha do gráfico ainda não girou.

alx disse...

Eu já vou nos trinta e meia década e jóia, jóia, só a minha mulher!!!

francisco carvalho disse...

Não vai para nova mas também não vai nada para velha.
;)

Muitos parabéns.

Ana Cláudia Vicente disse...

Anónimo, terei então de me mentalizar, até lá;

Emanuel,obrigada, também eu, salvo o devido género, espero poder parafrasear il signore Moretti;

Capa, já viste, estamos todos na mesma década, outra vez!

Pois então, felicidades, Paulo;

Alx, nesse caso não vai mesmo nada mal;

Francisco, obrigada; é coisa morna, indefinida, um número tão redondo :)