a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

domingo, 17 de junho de 2007

Lisboa, Avenida Guerra Junqueiro

E de repente ganhei jeitos ainda mais efeminados. Em horas vagas folheio catálogos internacionais, controlo preços nacionais, pergunto-me por que tem a Vogue España, pelo mesmo valor, o dobro do interesse e das páginas da Vogue Portugal, maquilho-me, penso em combinações de cores. Há vinte anos que não sofria de princesismo.

4 comentários:

ana disse...

estás apaixonada?

Anónimo disse...

A era do bornal da caça já era, quer isto dizer...
Capinha!

Ana Cláudia Vicente disse...

Ana,
não mais que no dia de antes do ataque cor-de-rosa :)

Capa,
bornal, bota de atanado, camisolona de flanela...

magarça disse...

e sabe tão bem...! ( engraçado, para mim, a av. guerra junqueiro há-de ser sempre sinónimo de "princesismo". um legado da minha avó :)