a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

domingo, 24 de dezembro de 2006

Bolo de chocolate

Não conheço quem faça que dele se não gabe. Eu faço bolo de chocolate. O meu bolo de chocolate é bom. É fofo e fundente, leva cobertura. Não sobra.

9 comentários:

Capa Rota disse...

Munch!Chomp!
Bom! Não sobra!Ainda lambo os beiços! Mmmm!
Beijos, obrigada ACV!!!!!!!

Francis C. Afonso disse...

Isso é que o vamos ver...se ainda sobrar, claro!

magarça disse...

hum, que inveja...Um bonito Natal!

sm disse...

Huuuummm!! Quero provar!!

Passa um Bom Natal!!!

:-)
Sandra, R. e Becos

Ana Cláudia Vicente disse...

Caríssimos todos,

para vós e para as vossas famílias votos de um Feliz Natal. Conversem muito, comam muito, divirtam-se muito :)

João Villalobos disse...

Não sobra?! Rats...!

Anónimo disse...

Isso é mesmo um bolo... fundido!

Patanisca disse...

Bem, eu o bolo nunca provei! Mas já me foi dado a conhecer uma experimental tarde de queijo da ilha! Generosa, deu-me a receita, preguiçosa, continuo à espera que volte a aparecer em minha casa!

Em resumo, a menina é prendada!!!!
E o Pai do Natal, compensou-a do bom comportamento a longo do ano??

Ana Cláudia Vicente disse...

João, há sempre outra fornada;

Anónimo, fundido e de graça;

Patanisca, para a próxima tiramos à sorte: cara=tarte, coroa=bolo

:)