a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

sábado, 4 de março de 2006

Não Podemos Todas Estar Na Moda

Coro quando observada, faço compras porque tem mesmo de ser, os homens confundem-me, as mulheres confundem-me, mando alguém à merda quando o rei faz anos, não consigo escrever sobre sexo. Sofro de discronia, e então?

3 comentários:

cãorafeiro disse...

segundo o manual da associação americana de psiquiatria, que define as regras mainstream da psiquiatria mundial, tu com essas características, das duas, uma, ou não és uma mulher, mas sim um homem que se diverte na blogosfera usando um pseudónimo feminino, ou então és uma mulher, mas com graves perturbações mentais, uma vez que não correspondes ao padrão do que é ser mulher:
a saber
1- adorar estafar dinheiro em compras, sobretudo trapinhos da moda;
2- ter uma tendência natural para exibir a sua sensualidade aos homens, leia-se, para mostrar que está disponível mesmo que não esteja, leia-se adorar passar por puta, a menos que seja feia e aí o normal é ser tímida, cheia de pudor, submissa e com jeito para cozinhar, que é a única estratégia viável para agarrar um macho, para as mulheres que não correspondem ao padrão de beleza;
3-finalmente, ter como sonho para a sua vida casar de branco e depois (mas só depois)ter dois filhos (um casalinho)

Ana Cláudia Vicente disse...

Telhal comigo, portanto.

escorpiaotenhoso disse...

Cão rafeiro,
Será que tem as vacinas todas em dia? Acho que o protótipo de mulher aprovado pela tal associação mainstream de psiquiatria amaricana só pode resultar de uma conspiração para tornar a Barbie um modelo único...

E modelos únicos é o que acabam por ser todas as mulheres que aqui e alí, ao longo da vida nos prendem a atenção, o coração ou tudo ou nada...

ACV,
O seu perfil será tanto mais interessante quanto melhor se sentir na sua própria pele. Desse equilíbrio resulta a forma como pode ver e sentir o Mundo. Haverá sempre quem goste de si, e quem nunca venha a saber o que perdeu... Se a forma como escreve traduzir aquilo que é,...

ET