a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

sábado, 25 de março de 2006

Déjà Vu

A coisa mais humilificante dos blogues são os arquivos. Não é difícil descobrir quem escreva mais ou menos como nós, quem tenha as mesmas ideias que nós muito antes de nós, quem para quem nada do que para nós é novo seja novidade. Ser-se déjà vu é uma palmada de mão aberta - haja poder de encaixe.