a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

quarta-feira, 29 de março de 2006

Costas Quentes

É enternecedoramente heterossexual, o guarda-costismo aristoblogueiro.

2 comentários:

sabine disse...

Pois sim...

Ana Cláudia Vicente disse...

"Pois sim" concordante ou céptico, Sabine?