a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2006

Wee Hours

Dói-me o siso.

2 comentários:

Kalim, "cabeça" da máfia albanesa em Portugal disse...

Olha, arranca-o com um alicate!

Ana Cláudia Vicente disse...

Sr. Mafioso, perder o siso é um perigo. Mas é uma hipótese.