a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

domingo, 14 de agosto de 2005

Of The Beholder

Via as notícias, não esperava nada bonito. Entra uma peça sobre o fecho de escolas nas aldeias do norte do pais, em tom pingão. Perguntam a um pai o que acha. Eu à espera da habitual insatisfação, da habitual indignação, ter de ir o rapaz para a nova escola básica na sede de concelho, em Alfândega da Fé, a tantos quilómetros dali. Mas não, nada disso, o pai responde

- É assim que tem de ser, que um homem é para o mundo.

e o noticiário continuou. Eu fiquei naquilo.

1 comentário:

Francis C. Afonso disse...

Grande frase! Vou lá passar. Depois diz-me quem ele era para lhe dar um abraço.