a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

quinta-feira, 7 de abril de 2005

Menções Honrosas I

Não são prémios, mas podiam ser. Sempre entretêm, enquanto esquecemos os óscares de Hollywood e aguardamos as palmas de Cannes.

Categoria “Sou Magnânimo
Ou de como uma verdade auto–evidente muitas vezes repetida se transforma em manifesto de generosidade democrática:

É bom que surjam novas revistas – independentemente da orientação que tenham.
Eduardo Prado Coelho dixit [p.9]

Todos têm lugar no PSD. O Pacheco Pereira também tem o seu lugar no PSD.
Miguel Relvas dixit [p.12]


Secção “A Culpa É Do Amanuense
Ou de como, apesar de haver a internet em geral e as bases de dados em particular, há sempre, também, o funcionário que pensa noutra coisa:

Apesar de relativamente desconhecido, Craig tem nos seus créditos uma participação no primeiro filme da série Tomb Raider.
In “Pessoas. Daniel Craig, mais um candidato a 007.” [p. 46]

A colheita de hoje foi feita no Público-de-papel [pagantes por pagantes, prefiro jornal em jornal].

2 comentários:

Afonso Bivar disse...

Uau! Que sequência exuberante de posts. Está-me cá a parecer que a menina não tarda nada anda a ler o Sade. E depois ninguém a apanha.

Ana Cláudia Vicente disse...

Há dias assim, bicho-da-seda. Quanto mais calada trabalho, mais palavrosa acabo a jorna. Ainda dizem que o trabalho intelectual não embrutece...