a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

terça-feira, 19 de abril de 2005

Bento XVI

[Se isto fosse um blog de referência]
Está aberta a votação.

Crentes de outras confissões, ateus, agnósticos e para-católicos, é favor escolher um dos três seguintes aforismos:


I. Saúda-se a patente, não o homem.

II. Saúda-se o homem, não a patente.

III. Não há saúdes para ninguém.



Católicos vanguardistas, católicos catolaicos, católicos ultramontanos e católicos integristas, é favor escolher o seguinte aforismo:

O Conclave decidiu, está decidido. Saúde a Bento XVI.

6 comentários:

Francis C. Afonso disse...

Saúda quem?

Ana Cláudia Vicente disse...

Olh'ó t-i-t-a-lú, man!

Afonso Bivar disse...

Se me apresentares ao Novo, para brindar à saúde "comme il faut", não te importas que leve comigo uns vestígios de arsénico, pois não?

Ana Cláudia Vicente disse...

hummm... Afonso, por acaso não estiveste em Roma no mês seguinte à eleição do Papa João Paulo I, pois não?

Afonso Bivar disse...

Vestígios, Senhora, vestígios, não dose cavalar. Só dá umas ridículas dores de estômago. Coisa mais de menino traquinas.

Francis C. Afonso disse...

Saúda porquê?