a vida depois da vida / eco em museu / canção-vitória / letra empoada / melhor que nada / é memória

quarta-feira, 30 de março de 2005

Nessa Epocha Era Bem Diferente VIII

S[erviço da] R[epublica]

Barquinha, 22 de Maio de 1926

Ex.mo Governador Civil do Distrito de Santarem

Não tendo residencia na séde[sic] de concelho, tendo, por isso, que percorrer a pé uns sete quilómetros todos os dias, e avizinhando-se a época de mais intenso calor, tornando-se-me, por estes motivos e atendendo à minha idade e pouca saúde, impossível manter a assiduidade que o lugar de administrador requere[sic].

Pensei em alternar os dias de comparencia[sic] na administração, mas isso é uma falta que enfraquece o moral do Administrador para se impôr, quando, porventura, se torne necessário.

Pelos motivos expostos, vem rogar se digne conceder-lhe a demissão do lugar de Administrador do Concelho de Vila Nova da Barquinha e pede creia que apenas aqueles motivos que o levam a solicitar de V.Exª. a referida demissão, aquele que, com os seus agradecimentos e a maior consideração, a V.Exª. deseja

Saude e Fraternidade

O Adm.or. Interino do Concelho,

Manoel d’Oliveira

* Cf. Arquivo Distrital de Santarém. Administração Geral Desconcentrada. Fundo do Governo Civil do Distrito de Santarém. Correspondência Recebida – 1ª Secção, (1926), Cópia do Ofício Nº 231.

1 comentário:

Antonio Hicks disse...

Human beings, who are almost unique in having the ability to learn from the experience of others, are also remarkable for their apparent disinclination to do so.
Douglas Adams- Posters.